segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Projeto de Delmasso garante exame pré-eclâmpsia para gestantes no DF

Gestante que for identificada como alto risco para desenvolvimento de pré-eclâmpsia deverá ter monitoramento e iniciar o tratamento adequado até no máximo a 16ª semana 

A Câmara Legislativa do Distrito Federal analisa o Projeto de Lei nº 318/2019, de autoria do deputado distrital Rodrigo Delmasso (PRB-DF), que garante o acesso ao exame de triagem pré-natal combinada para pré-eclâmpsia às gestantes que realizarem pré-natal na rede pública de saúde.

Delmasso afirmou que a atenção e o cuidado pré-natal são os acompanhamentos da equipe de saúde que toda gestante deve ter, com o objetivo de manter a integridade das condições de saúde da mãe e do bebê. “Durante toda a gravidez, são realizados exames clínicos e laboratoriais que visam identificar, prevenir e quando possível tratar doenças que podem trazer prejuízos à saúde da mãe ou da criança”, ressaltou.

A mortalidade materna na capital federal é quase cinco vezes maior do que em países desenvolvidos. O dado foi publicado no mais recente Relatório Epidemiológico sobre Óbitos Maternos no Distrito Federal, divulgado pela Secretaria de Saúde do DF, em 2017.

Pelo texto, a gestante que for identificada como alto risco para desenvolvimento de pré-eclâmpsia deverá ter monitoramento da gestação e iniciar o tratamento adequado até no máximo a 16ª semana de gestação. Os profissionais de saúde envolvidos no atendimento à gestante deverão receber capacitação profissional para o atendimento adequado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Melhores

Novidades